Translate

Posted by : Middle East Daily Filho February 07, 2012

Sem que ninguém possa fazer qualquer coisa, milhares de projetis lançados por morteiros 120mm, mísseis  Khtieyeaier e Katyusha sobre os bairros de Homs, tem levado centenas de pessoas diariamente à morte. 128 pessoas morreram ontem (06-02) e os bombardeios seguiram durante toda a noite.

O que parece neblina, é uma parede de fumaça provocado pelos incessantes bombardeios.
Baba Amr paralisada à mercê do tirano Al-Assad. "Snapshot"
Por Saulo Valley - Rio de Janeiro, 07 de Fevereiro de 2012 - 07h39min.

Informações do Exército Livre confirmaram no início da madrugada desta terça que o exército livre derrubou um caça modelo MIG da força aérea síria. Também foi confirmado um número de 40 deserções em Qudsaya, mais 40 em Idlib e há relatórios de que um posto de controle inteiro desertou e passou a atacar as forças de segurança em Qudsaya. Em Zabadani as deserções partiram das tripulações de tanques, que não puderam sair do veículo para não serem mortos, soldados rebeldes relataram que está havendo uma certa confusão, já que não conseguem identificar os tanques amigos dos inimigos.

Video: Recomendamos que assista este vídeo para ter noção da coragem destes cinegrafistas amadores e da loucura desvairada que impera na cabeça de Bashar Al-Assad. Bombardeio cego e indiscriminado em Homs.


Dificuldade de acesso à internet durante bombardeio de Baba Amr, em Homs atrapalhou o envio de notícias sobre os acontecimentos de ontem num dos bairros mais afligidos pelo regime desde o último massacre em Khalidya.

Protesto da comunidade alawita em Homs contra o bombardeio da cidade e o massacre de civis sírios pelo regime de Al-Assad.

Enquanto centenas de corpos são velados diariamente, 59 dos mais elevados membros da seita Alawite publicaram e endossaram uma declaração que condenava as ações violentas do regime sírio. A declaração refletia a oposição de intelectuais, ativistas e cidadãos alawitas que habitam na província de Homs. O documento publicado em 05 de Fevereiro em condenação "aos massacres cometidos por Bashar Al-Assad" em particular, a comunidade condenou veemente "o bombardeio de nossa cidade...onde foram martirizados centenas e mais centenas de feridos, incluindo mulheres e crianças". 

Os Alawitas saíram em defesa dos civis inocentes atacados pelas autoridades do país dizendo:
"Nós condenamos os ataques e massacres cometidos pelo regime em Damasco, Hama, Idlib, e todas as cidades sírias e vilas."..."estamos empenhados em aliviar o sofrimento do povo sírio. Apelamos a todas as seitas e grupos étnicos minoritários de unir como um só e todos os esforços para deter apresentadas pelo regime de Assad para arrastar o país para uma guerra sem fim civil. Nós, os alauítas sírios, alertamos a todos os nossos irmãos e irmãs na Síria que o Exército de Assad tem usado bairros Alawite dominados em Homs, para lançar seus ataques contra os restantes dos bairros e áreas circundantes.Tem sido assim para provocar uma vingança sectária entre o povo de Homs.
A declaração da comunidade Alawita inesperadamente mais fundo quando disse:

"Além disso, apelamos a todos os soldados militares honrados, diretores, assessores e membros de segurança para desertar do exército destruidor do regime, uma máquina de matar que está destruindo nossa amada nação síria. Nós também chamá-los, para manter-se unida contra este regime antipatriótico que promove disputas sectárias e regionais em sua tentativa de dividir a Síria."

Em seguida a declaração dos líderes alawitas condenou o que chamou de "atitude irresponsável" do regime russo, responsabilizando-o absolutamente pela morte de "cada criança, mulher e homem assassinado por suas balas e armas."

Finalizando, a declaração revela o "apoio público e incondicional dos revolucionários da Síria", também a "denúncia pública" dos criminosos que estão governando a Síria independente de "suas motivações e desculpas." Os Alawitas ainda tornaram público seu "apoio incondicional do povo sírio e se manifesta contra qualquer um que "incentiva o assassinato dos civis desarmados" acrescentando que "eles são os verdadeiros inimigos da Síria, independentemente de sua seita."

Esta contundente declaração contou com as assinaturas das seguintes personalidades:

D. Tomader Abdullah

D. Reconciliar mínimo

D. Rami Hussein

Rasha Omran

Nizar Hammoud

A luta das Profundezas

Vagas advogado Riad Khalil

Adel Mahfouz

Artista Louise Karim

Cantor Reem Ali

Yamen Hussein

Fuad Mulla

Abdulkarim Ali

Fayek al-Mir

Firas Saad

Ola Ramadan

Maher Ibrahim

Diversão e vontade

Ninar bom

Sarah Saleh

Ali Badria

Ali Abboud

Rami Kusa

Senhor Bom

Soldado Ghias

Raghida Hussein

Rowan Massoud

Secretário do nascimento de

Nazir Ali Ali

Suhair Al Asmar

Khaldoun Al-Ibrahim

Mahmoud Salman

Mahmoud Abdullah

Nomes Ammar

Susan Salloum

Tamim Ahmed

Ahmed Ahmed M.

Shaaban, vontade

Suleiman Ali

Hossam e S

Mohammed Habib

Nidal Saeed

Maher Ismail

Bênçãos Beautiful

Nidal Salameh Q

Ruba Haddad

Adel Saud

Abeer MohammedNahla Abbas

Leave a Reply

Subscribe to Posts | Subscribe to Comments

Estatisticas

Searching this blog

Popular Post

Blog Archive

Facebook

Blog Humans by World Peoples

My photo

O BlogHumans é uma página de internet voltada para os direitos humanos internacionais, cada vez mais necessários nos atormentados dias de hoje. Escrito em vários idiomas, o BlogHumans é composto por diversos colaboradores internacionais. Ativistas, jornalistas e escritores defendem e lutam pelos direitos de todos os povos oprimidos no planeta.  Seja mais um a colaborar ativamente para a evolução deste importante trabalho para a manutenção da dignidasde da raça humana!
http://bloghumans.blogspot.com

Google+ Followers

Send to a Friend

Share |

Support Us, Please?

There was an error in this gadget

Country Counter

Followers

BlogHumans NGO. Powered by Blogger.

- Copyright © Middle East Daily -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -